sábado, 3 de dezembro de 2011

De eleitor a torcedor

De Reinaldo Campos Castro Júnior. Promotor de Justiça.

Ser eleitor no Ministério Público do Maranhão jamais beirou o status de membro de torcida organizada de time de futebol. Ora, o fato é que se torce por determinado time simplesmente motivado por sentimento de amor, empatia, paixão etc. Não se pede pensamento sensato ou racional para se torcer pelo Vasco, Flamengo, Sampaio, Moto ou até mesmo pelo Tupãzinho.

Dia 09 de dezembro de 2011 acontece a eleição para os cargos de diretoria da Ampem e seu respectivo Conselho Fiscal. Até agora nenhum debate foi tabulado. Será que nós eleitores não merecemos um confronto de ideias, onde tiraríamos dúvidas sobre projetos a serem realizados e principalmente sobre os meios de realização do que fora prometido, ou melhor, projetado? Com a palavra os candidatos.

O fato é que há muito tempo deixei de torcer por qualquer agremiação esportiva, mas torço pelo sucesso de minha instituição, que infelizmente, por culpa única e exclusiva de seus membros, encontra-se hoje na berlinda.

Felizmente ou infelizmente, nenhuma eleição pode ser entendida distanciada do poder sentimental (positivo ou negativo) entre candidatos e eleitores, este é somente um dos combustíveis que movem o processo,contudo não deve nunca ser tomado como a principal fonte de alimentação para a decisão do voto...

Desculpe, amigo Juarez, estou querendo ensinar a missa para o padre, dizer tal coisa para fiscais da lei chega a ser uma falta de educação sem precedentes.

Acredito piamente que promotores e procuradores de Justiça já atingiram a maturidade suficiente para sentir com Inteligência e pensar com emoção, ou seria sentir com emoção e pensar com Inteligência.

3 comentários:

Anônimo disse...

Caro Juarez,
Como já manifestado por duas vezes, reafirmo a minha disposição para participar de um debate. Entendo que essa iniciativa, pioneira, aliás, em eleições da AMPEM, significa uma forma de respeito ao eleitorado, querem todo o direito de olhar nos olhos dos pretendentes e sentir de perto aquilo que o texto de propostas não demonstra.
Informo que a CHAPA AMPEM AMIGA deu entrada, formalmente, em um pedido para realização de um debate.
Estamos aguardando a resposta da outra chapa e torcendo para que a AMPEM se esforce para que isto aconteça, apesar do seu lamentável e preocupante silêncio até agora, quando bem próximo o pleito.
Forte abraço em todos.

EDNARG MARQUES
Promotor de Justiça
Candidato à presidência da AMPEM pela Chapa AMPEM AMIGA.

Celso Coutinho, filho. disse...

Encontrei-me com o candidato Ednarg, que me confirmou ter protocolado, na AMPEM, requerimento para realização do debate, mostrando-me, inclusive, o documento devidamente recibado por aquela entidade. O que esperar? Retirar-se-á a AMPEM do discurso ou é demais exigir-se isso?

Chagas Freitas disse...

Um grande promotor Rainaldo, uma raridade entre poucos.