sábado, 23 de fevereiro de 2008

Critérios


O
Fórum Permanente está de volta, no profícuo momento pré-eleitoral. Discutir critérios objetivos de merecimento. O assunto, em princípio, não desperta quem está fora do alcance de alguma promoção-remoção na carreira. No geral, interessa a quem repensa a Instituição.

Ao que se sabe, em toda a história do Ministério Público do Maranhão jamais houve uma promoção ou remoção que não fizesse justiça entre os candidatos inscritos. (Alguém sabe de pelo menos uma?).

Os Conselheiros, ao longo de tantos anos, jamais cometeram uma injustiça, uma prevaricaçãozinha. Nunca houve desonesto, nepotista, familiarista, partidarista. Sempre agiram isentos de motivação pessoal ou política. Sempre promoveram o candidato que melhor preenchia os dois critérios objetivos há tantos anos consolidados na Instituição:


1) QI (quem indica)

2) AQI (a quem interessa)


É provável que na reunião de segunda-feira estes sejam ratificados porque, até hoje, têm solidificado a unidade do parquet maranhense. Outros critérios poderiam disseminar a cizânia, prejudicando a harmonia institucional.

Quer ser promovido? Qual o seu AQI?

.

Um comentário:

nahyma disse...

Se realmente buscamos o aprimoramento da Instituição, deixemos de lado a conveniência, para alguns, do momento que se avizinha (25.02.2008) para realmente estabelecermos um divisor de águas em matéria de critérios de promoção/remoção por merecimento no Ministério Público do Maranhão. Será que é tão difícil cumprir o que prevê o texto constitucional? Certamente a poucos interessa manter os critérios QI e AQI, mas se a maioria descontente (que sabemos existir)não mostrar a cara para o debate e para as críticas quanto ao que está posto, continuaremos com a sensação de que nossa voz, ou nosso silêncio, continuarão sufocados pelos gritos daqueles que só buscam a ratificação de privilégios e favoritismos. "Eles" pelo menos ganham alguma coisa. E nós, o que o nosso silêncio está pagando?